nunca mais


A psicóloga perguntou "sem ses ou mas" qual era a minha ideia de felicidade , e eu resumi-lhe tudo em uma palavra, disse-lhe o teu nome . Disse-lhe que eras a minha ideia de felicidade e mais nada , que eras tudo o que precisava, e que até isso tiraram de mim . Expliquei-lhe que o que fizeste por mim ninguém mais faria . E o meu pai até pode dizer que tens cabelo à hippie , que não és indicado para mim e a minha mãe até pode concordar. Mas isso não me vai fazer mudar a opinião .
O amor é assim , avassalador, chega sem avisar. E quero que continue, és tudo o que preciso .
E juro-te que daqui para a frente as coisas vão mudar , vou lutar contra tudo e todos, contra a distância e as opiniões . E ninguém voltara a tirar-te de mim .

4 comentários:

  1. nunca te vais ver livre de mim, mais tarde ou mais cedo havemos de ficar juntos amor , nunca te hei de esquecer <3 gr

    ResponderEliminar

escreve (me)